Você é feliz?

Afinal de contas, você é feliz? Você foi feliz? O que é ser feliz?
Eu sempre me pergunto isso. A dois anos atrás eu diria que não era inteiramente feliz porque não tinha minha cara metade junto comigo. A dois anos e pouco atrás eu diria que o que não me deixava ser feliz era o meu nariz.
Mas hoje, dois anos depois eu vejo que não é nada disso. O nariz foi consertado e agora é de modelo. A cara metade apareceu e eu hoje tenho uma pequena família constituída de meu namorado e meus 2 gatos.
A dois anos e pouco atrás eu diria que hoje eu estaria feliz, mas não é bem assim. E eu chego a conclusão de que isso é em parte culpa da sociedade e em parte minha própria culpa.
Se eu for parar para pensar eu sempre fui feliz, mas em todos os momentos que vivo, eu não me sinto feliz. O presente tem algo de errado. E eu acho que são as insatisfações geradas pelo mundo como ele é hoje, consumista, desigual, rápido demais, muito cheio de informação que faz esse presente não parecer tão feliz quanto ele realmente é.
Nós somos sempre levados a nos comparar com um padrão muito maior do que podemos alcançar em tudo e não conseguindo alcançar nos sentimos constantemente frustrados. E isso se aplica em todos os setores. É a moça da capa da revista que é mais bonita, magra e perfeita que você.É aquela pessoa na sua empresa que sempre se dá bem mesmo não trabalhando tanto quanto você. É aquele amigo, primo, parente que nasceu com a bunda virada pra lua e que parece que tudo cai do céu pra ele (emprego bom, dinheiro fácil,companheiro perfeito), enfim, posso listar n coisas nas quais nos deparamos fazendo comparaçoes injustas.
Isso tudo acaba nos levando a não valorizar nosso presente e tudo que temos. Sim, porque após todo esse tempo refletindo a respeito deste assunto chego realmente a conclusão de que it’s not about what we don’t have, it’s about what we have!
O problema é que somos sempre levados a focar no que não temos, e este é o grande erro. Temos que focar no que temos e em quão sortudos somos em ter o que temos. No mundo sempre haverá alguém que tem mais que você, mas também haverá sempre alguém que tem menos. E muitas vezes vemos pessoas com menos sendo mais felizes que pessoas que tem muito, e não é difícil entender o porque. Estas pessoas não encanam no que não tem. Elas valorizam o que possuem e focam nos objetivos (sejam eles mínimos) para o futuro.Image

http://fineartamerica.com/featured/happiness-can-be-found-jera-sky.html

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>