O Código da Febre – James Dashner (The Fever Code)

O Código da Febre – James Dashner (The Fever Code)

Maze Runner O Código da Febre

Aviso estritamente necessário aqui no começo pois se você não leu nenhum dos livros da série Maze Runner, vai tomar spoiler a rodo neste post.

Antes de saber mais sobre este livro, leia mais sobre os primeiros livros da série aqui no Literal Mentes: Maze Runner – Correr ou Morrer,  Maze Runner – Prova de Fogo,  Maze Runner – Cura Mortal,  Maze Runner – Arquivos e Ordem de Extermínio

maze runner capas

Devo já advertir que nestas últimas semanas li 2 livros que estão na minha lista dos melhores do ano, e este é um deles.

Estamos falando mais precisamente da última prequel que explica como todos que estavam no labirinto chegaram lá. É o livro que vai ligar a trilogia original com a 1ª prequel lançada por James, Ordem de Extermínio, onde ficamos conhecendo como aconteceu o acidente solar que matou grande parte da população do planeta e como o Fulgor surgiu.

No meu post anterior sobre Ordem de Extermínio eu comentei que ficamos super na dúvida se uma garotinha aparentemente imune ao Fulgor (Didi) que aparece na história é Tereza ou não. E enfim, neste livro nós temos a confirmação que sim, era ela.

Além desta confirmação ainda ficamos sabendo como era o nome verdadeiro de Thomas, e alguns fatos a respeito da vida de outros personagens como Newt e Minho. Mas a maior revelação, o grande segredo dos segredos vocês irão ler apenas no finalzinho. E é algo bombástico e que mudará a perspectiva da história inteira. Terminei o livro com vontade de recomeçar a ler a série toda agora que sei disso. Sério, nunca nunquinha leiam este livro antes dos outros. Se o fizerem estarão mudando completamente a percepção da série toda.

Eu sou meio suspeita até pra falar a respeito pois realmente adorei a história. Acho que James conseguiu responder bastante perguntas que os fãs tinham na cabeça mas mantendo aquele clima de suspeita e paranóia presente na trilogia original!? Foi fantástico. É uma história que não tem medo de ser desgostosa, salgada para o leitor. A vida é assim, aceite que dói menos. (Os meninos quando estão dentro do CRUEL questionam até que ponto a vida deles seria melhor fora de lá, e até você questiona isso. Ao mesmo tempo sempre há aquela dúvida pairando no ar de até onde o que vivem é uma mentira montada para que eles realmente pensem que não há um lugar melhor!?)

E outra, também há toda aquela questão de qual é o limite quando se está procurando uma cura para um vírus que está matando a população sem controle?  Podemos usar nossos semelhantes como “cobaias” sem o consentimento deles? Não seria melhor deixar a natureza seguir seu curso de seleção natural?

Fiquei lembrando muito do que vi no filme (ainda preciso ler o livro) do Não me abandone jamais. Esse livro levanta questões muito loucas a respeito de humanos sendo tratados como coisas.

Enfim, leitura mais que recomendada. Leiam todos aliás. Talvez de todos os YA que eu tenha lido até hoje este seja um dos que mais valha a pena.

fever code and kill order

Warning needed here at the beginning because if you haven’t read any of the books in the Maze Runner series, you’ll definitely read one on this post.

So before you know more about this book, read more about the first books of the series on LiteralMentesThe Maze Runner,  The Scorch TrialsThe Death Cure,  The Kill Order and The Maze Runner Files.

I must say that in these last weeks I have read 2 books that are on my list of the best of the year, and this is one of them.

We’re talking more precisely about the last prequel that explains how everyone in the maze got there. It is the book that will connect the original trilogy with the 1st prequel released by James, Kill Order, where we learn how the solar accident that killed a large part of the planet’s population and how the Flare popped out.

In my previous post about the Kill Order I commented that we were super in doubt whether a little girl apparently immune to the Flare (Didi) that appears in the story was Tereza or not. And finally, in this book we have the confirmation that yes, it was her.

In addition to this confirmation we also get to know what Thomas’s real name was, and some facts about the lives of other characters such as Newt and Minho. But the greatest revelation, the great secret of secrets you will read only at the very end. And it’s something bombastic and that will change the perspective of the whole story. I finished the book eager to start reading the whole series again now that I know it. Seriously, never ever read this book before the others. If you do you will be completely changing the perception of the whole series.

I’m kind of suspicious even to talk about it because I really loved the story. I think James was able to answer a lot of questions the fans had in mind but kept that suspicious mood and paranoia present in the original trilogy!? It was fantastic! It is a story that is not afraid to be disgusted, salty to the reader. Life is like this, accept that it hurts less. (The boys when they are inside CRUEL question the extent to which their lives would be better off there, and even you question it. At the same time, there is always that doubt hovering in the air of how much they live is a lie set up so that they really believe there is not a better place !?)

Another thing, there is also that whole question of what the limit is when you are looking for a cure for a virus that is killing the population without control? Can we use our human beings as “guinea pigs” without their consent? Wouldn’t it be better to let nature take its course of natural selection?

I remembered a lot of what I saw in Never Let Me Go film (I still need to read the book). This book raises wild questions about humans being treated like things.

Anyway, reading more than recommended. Read them all, by the way. Perhaps of all the YA that I have read to this day, this series is one of the worthier.

código da febre e ordem de extermínio

 

 

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>