Um Novo Mundo: O Despertar de Uma Nova Consciência – Eckhart Tolle (A New Earth)

Um Novo Mundo: O Despertar de Uma Nova Consciência  - Eckhart Tolle  (A New Earth)

 

um novo mundo

Este livro é um divisor de águas na minha vida, tanto que fiz uma tatuagem sobre ele pra sempre lembrar do momento que eu finalmente entendi que sempre havia sido dominada pelo meu ego, e que o maior motivo do meu “sofrimento” era eu mesma, no caso meu ego.

Eckhart nos explica que tudo que nós achamos que somos é na verdade uma construção fruto da nossa convivência com as outras pessoas, desde seus pais na infância até todo o resto da sociedade conforme sua idade avança.

Você cresce acreditando que gosta disso ou precisa fazer aquilo muito mais por influência de fatores externos do que do seu verdadeiro eu. Ou seja, quem geralmente dita as regras da sua vida é seu ego, e você nem ao menos sabe disso.

O  objetivo do livro é despertar a sua consciência, que seria o seu verdadeiro eu, quem você realmente é, e que está escondido bem no seu interior pela casca do ego.

E nós iremos entender que o caminho para encontrá-la é um caminho difícil, sim, porém não impossível. Você precisa se policiar muito para começar a perceber quando é você mesmo agindo e quando é seu ego agindo. Quando você tiver esses momentos de identificação de que ” pera aí, essa não é uma reação minha, essa é uma reação do meu ego”  ele simplesmente se dissolve e você sentirá a sua consciência tomando o controle e instantaneamente se sentirá melhor, pois seu verdadeiro eu sabe que você é e que nenhum acontecimento externo pode mudar o que você é.

Quando algum colega de trabalho, amigo ou familiar te ofende ou te critica e você fica muito irritado. Na verdade quem ficou irritado não foi você, pois o seu verdadeiro eu sabe que o que determinada pessoa está falando não é verdade. Quem ficou irritado foi o seu ego, e o seu ego precisa de coisas desse tipo pra justificar seu complexo de inferioridade, por exemplo.  Bingo! A partir do momento que você identifica algo assim, você está despertando.

O livro pra mim foi libertador no sentido de que você passa a entender muito mais as re(ações) das pessoas com que você convive, e no frigir dos ovos acaba tendo mais tolerância para com elas pois começa a identificar coisas que antes você não notaria da mesma maneira sem estar consciente.

Uma vez que você começar a observar as pessoas ao redor, a auto-observação virá como consequência, pelo menos comigo foi assim. Posso dizer que até hoje eu considero isso um grande desafio, e talvez seja até o final da minha vida, mas essa é uma luta que hoje em dia eu travo de uma maneira muito mais justa do que antes quando eu nem sabia quem era o verdadeiro inimigo.

Esse é aquele tipo de livro que você precisa reler constantemente, e se depender de mim eu o terei sempre na cabeceira. Não só o recomendo, como já presenteei várias pessoas com ele, pois a vontade que elas melhorem sua maneira de encarar os fatos da vida, assim como eu melhorei, é muito forte.

Comprem e não desistam da leitura. É muito difícil e desafiador olhar pra dentro de si mesmo, mas os benefícios que você terá após esse momento difícil compensarão e muito o período de reflexão.

um novo mundo 2

This book is a watershed in my life, so much that I got a tattoo about it to always remember the moment that I finally understood that I had always been dominated by my ego, and that the biggest reason for my “suffering” was myself, in case my ego.

Eckhart explains that all we think we are is actually a construction fruit of our coexistence with other people, from our parents in our childhood to the rest of society as our age advances.
You grow up believing you like this or you need to do that much more by the influence of external factors than your true self. So, the one who generally dictates the rules of your life is your ego, and you don’t even realize it.

The purpose of the book is to awaken your consciousness, which would be your true self, who you really are, and who is hidden deep within you by the shell of your ego.

And we will understand that the way to find it is a difficult road, yes, but not impossible. You need to police yourself a lot to start realizing when you yourself are acting and when your ego is acting. When you have these moments of identification where you think “come on, this is not my reaction, this is a reaction of my ego” it simply dissolves your ego and you will feel your consciousness taking control and instantly feel better, because its true I know that you are and that no external event can change what you are.

When a co-worker, friend or family member offends you or criticizes you, you become very angry. Actually who was angry was not you, because your true self knows that what a certain person is talking about is not true. The one who got angry was your ego, and your ego needs things like that to justify its inferiority complex, for example. Bingo! From the moment you identify something like that, you are awakening.

The book for me was liberating in the sense that you come to understand much more the re (actions) of the people with whom you live, and in summary you end up having more tolerance towards them because you begin to identify things that before you would not notice in the same way without being conscious.

Once you start observing the people around, self-observation will come as a consequence, at least with me it was so. I can say that until today I consider this a great challenge, and it may be until the end of my life, but this is a struggle that I nowadays  deal with in a much more fair way than before when I did not even know who the real enemy was.

This is the kind of book you need to reread constantly, and if it’s up to me, I’ll always have it on the headboard. Not only do I recommend it, but I have already gave it as a gift to several people, because of my desire that they improve their way of facing the facts of life, as I have improved mine is very strong.

Buy and do not give up reading. It is very difficult and challenging to look within yourself, but the benefits that you will have after this difficult time will make up for the reflection time.

 

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>