Turma da Mônica LAÇOS – HQ vs Filme

Turma da Mônica LAÇOS - HQ vs Filme

ScreenHunter 380

Pessoal desse meu blog, que obra prima! Tanto a HQ quanto o filme. Fiquei em êxtase ao ver tudo que li/vi e mais um pouco representado no filme que assisti com meu marido semana passada.

Pra quem não sabe a história da Turma da Mônica Laços faz parte da coleção da Graphic MSP onde artistas convidados fazem releituras dos personagens criados por Maurício de Souza.

E gente, Laços é uma história tão fofa! Tão infância sabe.  Os amigos que se unem para investigar o sumiço do Floquinho é aquele tipo de aventura que todo mundo queria ter vivido quando criança.

E eles vão acabar se metendo numa enrascada pois caem no meio de uma floresta.  Até aí HQ e filme são praticamente iguais, e temos lacunas de imaginação preenchidas por cenas no filme, como por exemplo o que tá rolando com os pais. Achei bem legal pois há sim muito que a gente acaba inferindo lendo e que no filme tivemos oportunidade de ver desenvolvido já que uma HQ para ser adaptada, diferente de um livro, é menos extensa e portanto bem mais favorável para esse tipo de adaptação.

Nas cenas da turma na floresta, temos a aparição do personagem do Louco, o qual não faz parte da HQ, mas que remete a algumas cenas vividas pelo Cascão na HQ.  No filme quem interage com o Louco é o Cebolinha, mas de uma forma geral isso não mudou muita coisa no resultado final da história, que é quando a turminha encontra o Floquinho preso junto com muitos outros cachorros por um cara estranho (no filme denominado como homem do saco – amei essa referência a uma lenda urbana)  e terá que bolar um “plano infalível” para conseguir resgatá-lo.

Na HQ essa parte é desenvolvida de forma muito rápida. No filme tivemos muito detalhes e cenas engraçadíssimas inseridas. Sério, dei muita risada nessa parte.

E gente, você vê quadros de falas da HQ sendo reproduzidos quase que fielmente. A cena dos quatro, no alto de um morro, à contraluz do sol, tanto na HQ quanto no filme são de tirar o fôlego. Aliás, as participações especiais e easter eggs estão deliciosamente espalhadas pelo filme e são muito adoráveis.

VALE A PENA! Leiam e prestigiem o filme!

Esse filme deu aquele orgulhosinho sabe, de saber que personagem, HQ, filme e tudo mais foram feitos aqui, no Brasil. Uma produção que dá banho em muita produção milionária da Disney eu ousaria dizer. Pelo menos foi o que senti saindo do cinema.

People who read this blog, what a masterpiece! Both the HQ and the movie. I was ecstatic to see everything I read / rsaw and a little more represented in the movie I watched with my husband last week.

For those who do not know the story of Mônica’s group Laços is part of the Graphic MSP collection where guest artists re-read the characters created by Maurício de Souza.

And people, Laços is such a cute story! Such full of childhood memories, you know. The friends who unite to investigate the disappearance of Floquinho is that kind of adventure that everyone wanted to have lived as a child.

And they will get themselves into trouble because they fall in the middle of a forest. Until this point, HQ and film are practically the same, and we have gaps of imagination filled by scenes in the film, as for example what is happening with the parents. I thought it very cool because there is a lot we end up imagining from reading and that in the movie we had the opportunity to see developed since a comic to be adapted, rather than a book, is less extensive and therefore much more favorable for this type of adaptation.

In the scenes of the gang in the forest, we have the appearance of the character Louco, which is not part of the HQ, but which refers to some scenes experienced by the Cascão inside the HQ. In the film this scene is represented by an interaction between Louco and Cebolinha, but this adapatation did not change much in the final result of the story, when the group finds Floquinho stuck together with many other dogs by a bad guy (in the film denominated like man of the bag – loved this reference to a brazilian urban legend) and they will have to create an “infallible plan” to be able to rescue him.

In HQ this part is developed very quickly. In the movie we had lots of details and funny scenes inserted. Seriously, I laughed a lot in that part.

And folks, you see pictures of HQ speeches being reproduced almost faithfully. The scene of the four, high up on a hill, backlit from the sun, both in the HQ and in the film are breathtaking. Incidentally, the special entries and easter eggs are deliciously scattered throughout the film and are very adorable.

TOTALLY WORTH IT! Read and go watch the film!

This movie gave me that proud you know, to know that character, HQ, movie and everything else were made here in Brazil. A production that beats a lot of Disney millionaire production I would dare say. At least that’s what I felt coming out of the movies.

Compartilhe

Posts recomendados

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>