Por que não ler!?

Por que não ler!?

Acho que a reflexão que queria deixar  aqui registrada é sobre questão vale a pena ou não se desafiar nas suas leituras?

Acredito que você querer se desafiar mais em leituras seja uma consequência do seu hábito como leitor.

Todos temos gêneros preferidos, e com certeza você irá ler mais dele ao longo de sua vida, porém quando sua frequência de leitura aumenta a tendência é que você acabe enjoando de ler sempre a mesma coisa e daí surja essa necessidade de buscar algo novo.

Se o leitor não aumenta o volume de livros lidos, penso eu que talvez ele nunca sinta essa necessidade de inovar nas leituras pois o tempo limitado que gasta com elas é suprido por esse gênero preferido (ou preferidos) e então a curiosidade por viver algo diferente seja suprida com outras situações em sua vida além da leitura.

E gente, tá tudo bem sentir ou não sentir necessidade de novos desafios no campo literário.

Assim como muita gente só curte assistir filme de drama, ou só comédia romântica, ou só terror e nunca se desafia em ver um novo gênero de filme, no mundo dos livros essa realidade também existe. O que não podemos é usar dessa premissa para acusar pessoas de não serem bravas o suficiente, ou “cultas” o suficiente para se aventurar em outras leituras. Não há motivo para se sentir mal caso você não sinta necessidade em se desafiar com novos gêneros de leitura. Portanto, não se sinta mal!

É OK e super legal querem um novo desafio, e também é super OK não querer. A vida é cheia de campos e talvez seus desafios estejam em algum outro campo além do literário.

I think the reflection I wanted to leave here is about the question is it worth it or not to challenge yourself in your readings?

I believe that you willing to challenge yourself more in reading is a consequence of your habit as a reader.

We all have favorite genres, and you will certainly read more of it throughout your life, but when your reading frequency increases the tendency is that you end up getting sick of reading the same thing and then you’ll feel the need to look for something new.

If the reader does not increase the volume of books read, I think that he may never feel this need to innovate in the readings because the limited time he spends with them is supplied by this preferred genre (or favorites) and then the curiosity to experience something different is filled with other situations in his/her life besides reading.
And people, it’s okay to feel or not to feel the need for new challenges in the literary field.

Just as a lot of people just enjoy watching drama movies, or just romantic comedies, or just horror and never challenge themselves to see a new film genre, in the world of books this reality also exists. What we cannot do is use this premise to accuse people of not being brave enough, or “educated” enough to venture into other readings. There’s no reason to feel bad if you don’t feel the need to challenge yourself with new reading genres. So don’t feel bad!

It’s OK and super cool wanting a new challenge, and it’s also super OK not wanting it. Life is full of fields and perhaps your challenges are in some other field besides the literature.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>