Literatura Internacional


A lista negra – Jennifer Brown (Hate List)

Acho que foi um dos livros mais chocantes que li em 2016. A história é super pesada embora o texto seja super fluído e fácil de ler, há muitas questões importantes de serem debatidas sendo a principal delas o bullying praticado nas escolas. Foi por causa do bullying que sofriam que o namorado Valerie Leftman, Nick Levil abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola onde eles estudavam. Valerie é antingida por um das balas ao tentar pará-lo e acaba salvando a vida de uma das colegas da......

Continue lendo


O ano que eu disse SIM – Shonda Rhimes (Year of YES)

Um livro que deve ser lido por todas as pessoas que buscam desenvolvimento pessoal e eu diria que também é ideal para todas as mulheres que buscam desenvolvimento pessoal, empoderamento, liberdade. Shonda conta nele (de uma forma super intimista – ela praticamente conversa com o leitor enquanto narra) sua história e como passou a ser uma pessoa mais aberta as oportunidades da vida. Tudo começa num dia de Ação de Graças quando sua irmã mais velha diz que ela nunca dizia sim para nada, o que era verdade, e......

Continue lendo


Top 5 melhores livros lidos de 2016 - Best books read in 2016

Não vou conseguir mensurar qual dos 5 foi o melhor dos melhores, mesmo porque 3 aí são séries de livros, mas posso dizer com certeza que meu ano foi melhor depois de ter lido tudo isso e que espero que quem quer que leia esse post se inspire a lê-los pois estes livros com certeza valem muito a pena.   1)Maze Runner (todos) Mais ou menos um ano antes de começar a lê-los uma amiga me contou o que acontecia no final da série (porque eu pedi, claro), só......

Continue lendo


O lado feio do amor – Collen Hoover (Ugly Love)

Foi nosso primeiro da Collen no clube do livro, a terceira leitura, e posso dizer que a mais acalorada discussão até agora. Gostei muito da história como um todo, e acho que as partes mais picantes acabaram sendo consequência da história como um todo também.  Não achei nada enjoativo, pelo contrário. O texto alterna entre a narrativa da Tate e do Miles. Tudo começa quando Tate vai morar com seu irmão Corbin e dá de cara com um cara bêbado na frente do apartamento dele. Mais tarde ela descobre......

Continue lendo


As intermitências da Morte – José Saramago (Death with Interruptions)

A primeira coisa que pensei quando comecei a ler o livro foi “esse cara é pirado”. Sim, porque a pessoa não usa nenhum tipo de pontuação da língua portuguesa como a norma culta pede. Ele não respeita parágrafo, travessão, e ri forte na cara da gramática normativa. Você se perde no meio das páginas se não estiver inteiramente concentrado já que pessoas falam junto, os acontecimentos mudam e cada parágrafo é gigantesco. É extremamente difícil parar a leitura pra voltar outra hora por conta do texto intrincado e tudo......

Continue lendo


Nessa história, Suze é abordada pelo espírito de uma mulher desconhecida que a pede para avisar para Red não se sentir culpado pela morte dela. Suze começa então a investigar quem pode ser o tal Red, já que a mulher teima em afirmar que ela o conhece, e ela então descobre que há um ricaço na região chamado Red Beaumont, que por sinal é pai do seu mais novo “rolo” Tad Beaumont. Quando a investigação avança, Suze acaba descobrindo mais crimes do que pensava (não apenas do espírito que......

Continue lendo


A Mediadora: A Terra das Sombras - Meg Cabot (The Mediator: Shadowland)

Começando a honrar uma das minhas promessas hehehe, tá aqui o post sobre o primeio livro da coleção da Mediadora. Só uma das melhores coleções da Meg ever. Se bem que tudo que leio dela eu acabo achando ser o melhor ever…enfim, todos os livros com Suzannah valem MTO a pena. Suzannah é uma adolescente de 16 aninhos (a idade mágica) que tem além de todo o “teenage drama” possui apenas um pequeno detalhe diferente de todas as outras adolescentes: ela vê espíritos (ou fantasmas como a tradução os......

Continue lendo


A Garota no Trem - Paula Hawkins (The girl on the Train)

Sempre quando vai chegando o final do ano eu fico com aquela sensação de que não vai ter mais nenhum livro sensacional no meu hall de leituras. Mas sempre estou errada quanto a isso e Thank God! Demorei dois dias para terminar de ler este livro, e só não o fiz no mesmo dia pois já passava da 1h da manhã e eu tinha que trabalhar no outro dia. Eu fiquei tão imersa na história, tão querendo saber quem raios tinha matado a pessoa que não vi o tempo......

Continue lendo


O Poder do Hábito - Charles Duhigg (The Power of Habit)

Um hábito é uma escolha que fazemos intencionalmente em determinado momento de nossas vidas, e que depois deste primeiro momento paramos de lembrar mas contiuamos fazendo, às vezes todo dia. Esse ciclo que se inicia é descrito no livro como o loop do hábito, e sempre será caracterizado por uma deixa, seguida de uma rotina e então uma recompensa. É isso que faz de um hábito um hábito. loop do hábito (deixa -> rotina -> recompensa) Diferente de livros com fórmulas milagrosas, este livro vai trazer explicações em cada capítulo......

Continue lendo


A Última Carta de Amor - Jojo Moyes (The last letter from your love)

Cada livro que leio da Jojo é uma surpresa. Ainda não consegui estabelecer um padrão nas histórias dela. Embora 2 dos livros que li mesclem 2 histórias, uma acontecendo no passado e uma no futuro os outros 2 lidos só tem uma única história acontecendo, ou seja, ainda estou no 50/50, e como a mulher tem muitos livros (13 de acordo com o wikipedia ) acredito que eu ainda tenha que ler pelo menos mais uns dois pra começar a formar uma opinião concreta sobre o seu estilo. Outros livros......

Continue lendo


Páginas 5 de 13« First...34567...10...Last »