Tag: Kendall Ryan


XO, Zach - Kendall Ryan
29 janeiro 2019

XO, Zach – Kendall Ryan

Gente, tô me apaixonando pela Kendall do mesmo jeito que me apaixonei pela Elle Kennedy. Sério, não consigo entender porque as editoras daqui estão marcando e ainda não lançaram mais traduções dos títulos delas. Esse é o quarto livro que leio dela (vou deixar os links dos livros que já fiz resenha aí embaixo) e só penso que quero ler mais e mais. Eles são aqueles romances bem construídos saca!? Temos o romance como tema central, porém sempre (pelo menos dos que li até agora) temos também várias outras questões......

Continue lendo


BedFellows - Lola Leighton (Kendall Ryan)

Um livro que me pegou pela curiosidade que fiquei ao ler a sinopse da história. Não é segredo pra ninguém que eu curto uma boa história de amor, e essa aqui prometia isso só que ao invés de um casal teríamos um trio na história principal.  Ao ler isso fiquei com aquela pulga atrás da orelha pensando se era possível eu ser convencida de que isso era possível. E gente, sim foi possível. A Kendall, aqui sob o pseudônimo de Lola Leighton, arrasou nessa história diferentona do estilo tradicional das......

Continue lendo


Love Machine - Kendall Ryan

Quando li  The room mate eu sabia que teria que ler mais coisas da Kendall, pois eu amei o jeito dela apresentar um romance. Há uma linha muito tênue entre o brega e “vc tá tirando com a minha cara” e o crível quando se trata de uma história cujo assunto principal é o romance, ou seja, quando encontro um autor que consiga fazer isso muito bem, eu me agarro e tento ler tudo que puder. A premissa dessa história por exemplo, super clichê como a do primeiro livro......

Continue lendo


The Room Mate - Kendall Ryan

Esse foi um dos livros daquela série não dava nada e acabei de surpreendendo. Peguei o título por ZERO reais no kindle na lista das histórias similares a série da Elle Kennedy dos Amores Improváveis que eu tinha amado, e mesmo assim só peguei porque estava de graça já que odiei o resuminho da história. Nem imaginava eu que aquela descrição não tinha muito a ver com a história em si, e quando eu comecei a ler vi que se tivesse deixado me levar por ela nunca teria lido......

Continue lendo